notícia

Acusado de receptar carne roubada Tijuquense é mantido em prisão preventiva

As carnes eram armazenadas na casa do acusado em Tijucas

Por Redação
17/01/2020 08:30:40

Foto: PC/Divulgação

O Tijuquense acusado de receptar toneladas de carnes roubadas e armazena-las em sua casa, em Tijucas, teve o pedido de liberdade negado pelo presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha.

Ele foi preso em flagrante em agosto de 2019, durante investigação que apurava o roubo de uma carga procedente da Argentina, contendo aproximadamente 24 toneladas de carne bovina. De acordo com as investigações, a carne roubada era oferecida a restaurantes de Santa Catarina.

 

RELEMBRE O CASO

Operação da PC recupera em Tijucas e Itapema 21 toneladas de picanha roubada

ANTERIOR                       PRÓXIMA

Últimas notícias

® 2016 TopElegance Comunicação e Mídia ME. Todos os Direitos Reservados
Pubblicitae Programação e Comunicação