notícia

Mandados de busca e apreensão são cumpridos na Prefeitura de Tijucas

Cerca de sete empresários estão sendo investigados

Por Redação
10/09/2019 10:34:02
3109 visualizações  Facebook   

 

ATUALIZAÇÃO: Uma equipe da DEIC esteve no setor de Licitações da prefeitura de Tijucas nesta manhã para recolher documentações arquivadas em 2012.

De acordo com informações da administração municipal, a prefeitura se colocou à disposição das autoridades e forneceu todos os documentos solicitados.

Fotos: PC/Divulgação

Na manhã desta terça-feira (10) uma operação realizada pela Polícia Civil por meio da Delegacia de Combate à Corrupção (DECOR/DEIC), em conjunto com o Ministério Público de Contas de Santa Catarina, cumpri mandados de busca e apreensão em Tijucas e região. A operação denominada Argamassa, tem o objetivo desmantelar esquemas de fraudes em licitações.

No total, os policiais cumprem 6 mandados de prisão temporária e 22 mandados de busca e apreensão, decorrentes das informações repassadas pelo Ministério Público de Contas, que apurou fraudes em cerca de 23 procedimentos licitatórios entre os anos de 2007 a 2018 nas cidades de Tijucas, Porto Belo, Balneário Camboriú, Bombinhas, Camboriú e Biguaçu.

Segundo as investigações, um grupo de empresários é suspeito de integrar um pool de empresas constituídas, basicamente, por familiares, que têm o objetivo de fraudar processos licitatórios ligados à fabricação de artefatos de cimento para uso na construção civil.

Pelo menos 7 empresas são alvos das investigações da DECOR/DEIC num primeiro momento, que busca ainda identificar se houve envolvimento de funcionários públicos no esquema, bem como eventual superfaturamento no fornecimento das mercadorias licitadas.

 

ANTERIOR                       PRÓXIMA

Últimas notícias

® 2016 TopElegance Comunicação e Mídia ME. Todos os Direitos Reservados
Pubblicitae Programação e Comunicação