Política

Lula comemora existência do coronavírus

Gastos e superfaturamentos foram expostos

Por Redação
21/05/2020 10:05:52
1709 visualizações  Facebook   

Foto: /Divulgação

Bolsonaro pode ser ruim, extremamente criticável, mas o que dizer de Luiz Inácio Lula da Silva que comemorou a natureza ter criado o coronavírus?

Vale a pena lembrar que Lula e seu partido bem como a sua sucessora, injetaram milhões e milhões fora do país, veja os casos mais que conhecidos, de fácil consulta na internet.

Quem lembra do financiamento do porto de Mariel em Cuba? E o dinheiro injetado no governo corrupto de Angola, naquele país a filha do Presidente é a mulher mais rica da África.

Dinheiro mandado para Nicarágua e Venezuela, no caso dos venezuelanos que quebraram implantando com sucesso o socialismo, já avisaram o governo brasileiro que irão cometer o calote, não irão fazer pagamento do empréstimo recebido.

Todos os financiamentos do partido dos trabalhadores e a esquerda em geral, para essas pequenas ditaduras latino-americanas e africanas, se dava em um esquema de tentar consolidar um time, uma liga dos países latino-americanos, membros do foro de São Paulo, todos de esquerda, acrescidos de participação de alguns países africanos.

Quem recorda da célebre frase de Ronaldo "não se faz copa do mundo com hospital"? E, diga-se de passagem, Lula levou isso a sério construindo estádios faraônicos.

Nem precisa somar os montantes desviados no petrolão e mensalão, bastava calcular os gastos e superfaturamentos da Copa do Mundo e das olimpíadas no Brasil, e teríamos condições de enfrentar o coronavírus como nenhum outro país se o dinheiro estivesse sido investido, por exemplo, no SUS.

" Ainda bem que a natureza contra a vontade da humanidade criou esse monstro chamado coronavírus" disparou Lula, justificando o porquê: "para que as pessoas percebam que apenas o Estado é capaz de dar solução, somente o estado pode resolver isso".

Lula assim como Ciro Gomes defende que é impossível a existência do estado mínimo, da ideologia liberal, e acreditam em uma importância central do estado na vida em sociedade, um estado mãe que controla engloba tudo e a todos.

Neste caso Lula comemorou existência de um vírus, pois ele estaria reafirmando a importância do poder estatal.

Isso lembra, e talvez seja de fato, a expressão fascista de maior peso desde a morte de Benito Mussolini que disse: "tudo do estado, nada contra o estado, nada fora do Estado".

Pelo menos o período de cadeia recente de Lula fez com que ele parasse de maquiar o discurso e finalmente está mostrando o seu lado mais autêntico e natural.

ANTERIOR                       PRÓXIMA

Mais Política

® 2016 TopElegance Comunicação e Mídia ME. Todos os Direitos Reservados
Pubblicitae Programação e Comunicação